Scroll Top

Terapeuta Ensina Potencializar Seu Relacionamento – É Grátis!

Fetiches e Parafilias Comuns no Japão

A maior comunidade para Sugar Daddy e Sugar Baby do Brasil

Fetiches e Parafilias Comuns no Japão

Fetiches e Parafilias do Japão

Fetiches e Parafilias Comuns no Japão

Aquela história de que japonês tem o pênis pequeno é universal, pelo menos aqui no Brasil: todo mundo tira sarro dos pobres japoneses e orientais em geral por causa disso. Porém, são eles também os responsáveis por alguns fetiches que eu diria que são um tanto quanto peculiares.

No artigo de hoje vamos falar sobre alguns desses fetiches que não necessariamente são parafilias, mas que derivam do Japão.

Omorashi

O omorashi é uma subcultura fetichista que começou e predomina até hoje no Japão, em que os participantes experimentam o sexo mantendo a bexiga cheia ou sentem atração sexual por alguém que esteja precisando fazer xixi.

Faz um tempinho que estou escrevendo textos aqui para o blog, mas nunca fiquei tão curiosa com a origem de um fetiche como fiquei com este.

Eu queria saber de onde as pessoas tiram tanta criatividade para criar subculturas como essa, e tantas outras que existem por aí.

Fora do Japão, as pessoas não costumam diferenciar esse fetiche da urolagnia, que é uma preferência sexual que envolve urina, embora sejam bem diferentes.

Será que é gostoso transar segurando o xixi? Experimentem aí leitora, e me conte depois como foi!

Tamakeri

Homens, parem de ler ou então pulem para o próximo tópico, porque esse vocês vão sentir. O tamakeri tem como tradução “chutando bola” então vocês já devem saber do que se trata. Ainda não?

Eu explico: trata-se de um subgênero da pornografia japonesa em que os testículos sofrem castigos e mais, se popularizou e não é só no Japão que os homens estão gostando de levar chutes no saco – literalmente.

Pode-se dizer que é um subgênero do sadomasoquismo, pertencente ao BDSM. Está aí pessoal, tantos adeptos do BDSM e você nem sabia que seus testículos podem sofrer pancadas de perder o fôlego a qualquer hora.

Tentáculos

Não é necessariamente uma parafilia e tampouco dá para ser realizada com pessoas, mas a pornografia hentai, que são os animes com teor sexual, comumente apresentam cenas em que as mulheres são violadas ou fazem sexo consensual com aliens ou tentáculos que aparecem do nada.

Esses tentáculos prendem os braços, as pernas, a região da cintura e o pescoço das personagens, para que elas fiquem realmente imóveis. Depois disso, tentáculos mais grossos começam a rasgar e arrancar suas roupas e a se introduzir por todos os orifícios: ânus, vagina, boca, tudo isso sofre – ao mesmo tempo – penetração dos tentáculos.

Por mais que pareça esquisito, esse fetiche parece agradar muitas mulheres, por ser fantasioso e ter aquela pegada de sexo selvagem.

De resto, não sei qual é a dos tentáculos, porque obviamente são coisas nojentas e asquerosas. De qualquer forma, parece fazer um sucesso estrondoso entre as pessoas que assistem hentais.

Roupas específicas

As mulheres dos hentais geralmente são jovens, têm um cabelão comprido, seios e bumbum farto e uma cinturinha de dar inveja às garotas reais. Como são jovens, na maioria das vezes usa roupas de colegial, com meias até o meio da perna e saias curtinhas.

Existe um fetiche no meio “otaku”, digamos assim, pelo montante de pele que fica exposto entre o término da meia e o começo da saia. Não me perguntem, só estou repassando a informação.

Outro fetiche relacionado às roupas é o do maiô escolar. Algumas pessoas que seguem, principalmente homens, piram quando as personagens aparecem de maiô.

Mais um: calcinha listrada, especialmente azul e branca, muita gente também gosta dessa calcinha em particular. Tomara que as namoradas na vida real satisfaçam essas fantasias não é? Por que transar com um desenho seria uma tarefa difícil!

Você gostou dos fetiches e parafilias comuns no Japão? Comente abaixo para eu saber sua opinião.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.