Scroll Top

Terapeuta Ensina Potencializar Seu Relacionamento – É Grátis!

Pompoarismo – sua história.

A maior comunidade para Sugar Daddy e Sugar Baby do Brasil

o pompoarismo

Pompoarismo é o exercício do prazer. Ele ajuda no fortalecimento da vagina, aumentando o prazer durante a relação. Essa técnica antiga chegou ao Brasil e tem conquistado cada vez mais adeptas brasileiras. Saiba tudo sobre ele aqui!

O pompoarismo é uma técnica milenar, nasceu na Índia, se aperfeiçoou na Tailândia e Japão e hoje, no Brasil, já é um sucesso entre adeptas. Os primeiros exercícios vieram como uma transformação dos exercícios tântricos preparatórios para o ritual do sexo sagrado, o Maithuna.

Foi desenvolvido, inicialmente, pelas sacerdotisas dos templos da Grande Mãe, onde era utilizada nos rituais para fertilidade. Daí por diante, essa técnica foi se espalhando e ficando cada vez mais popular.

Na Tailândia, por exemplo, a técnica do pompoarismo virou um costume passado de mãe para filha, mesmo porque o valor do dote pago aos pais pelo futuro esposo pela mão da filha exigia, além dos dotes musicais e educação, as habilidades sexuais que a futura esposa possuía.

Na década de 1950, uma ginástica parecida com o pompoarismo foi desenvolvida pelo ginecologista “Arnold Kegel” e em 1952, Kegel desenvolveu exercícios específicos para mulheres que tinham problemas de incontinência urinária. Através de suas pesquisas, ele descobriu que o músculo pubococcígeo não estava em “forma” e por isso não funcionava direito.

Ao exercitar o músculo, o problema médico estava resolvido e o potencial para sensações genitais e também orgasmo aumentava. Isso se dá pelo fato de que, em parte, o fluxo sanguíneo aumenta quando os músculos são exercitados e o aumento do fluxo de sangue está bem relacionado com a facilidade para excitação e orgasmo.

Então, quando o músculo aumenta sua força, consequentemente aumenta o suprimento de sangue e o efeito colateral é o aumento de fluxo de sangue na pelve, o que implica em níveis mais elevados de excitação e com orgasmos mais intensos.

Como o Pompoarismo se espalhou pelo mundo

Essa técnica percorreu um longo caminho no Oriente. Chegou primeiro na Índia, por meio do tantra, uma doutrina milenar que encara o sexo como sendo uma forma divina para atingir a plenitude. No início do século XX, prostitutas tailandesas e gueixas japonesas apoderaram-se dessa técnica para fazer massagem no pênis de amantes e de clientes, usando a parte interna da vulva.

Elas treinavam com as contas dos seus colares, uma primeira versão das atuais bem-wa. Essa primeira arte ficou conhecida como “pompoar”, ou seja, sugar o pênis.

Atualmente, profissionais do sexo tem o pompoarismo como indispensáveis para sua promoção e também para os espetáculos de “halterofilismo pompoarístico”, onde mostram como podem fumar um cigarro quando colocado entre os lábios da genitália, ou então sugar uma banana com a vagina, esmagando-a através das contrações dos anéis musculares no fundo da vagina para frente, entre outras.

pompoar tailandia historia

 

Quando o Pompoarismo chegou ao Brasil

Essa técnica do pompoarismo chegou ao Brasil na década de 70, porém, ficou restrita à pornografia. Isso porque o “professor” era o Velho Mestre e ele fazia seus anúncios com esse codinome em jornais e ensinava jovens por meio de aulas particulares. Para ensinar ele manipulava objetos na aluna, dentro de um motel, e no final da aula, transavam, caso ela “quisesse”.

Há pouco tempo seus anúncios sumiram dos jornais e dizem que é pelo fato da esposa e filha terem descoberto e o fizeram parar.

Mas hoje a história está bem diferente e quem quer ensinar não toca ninguém, apenas fornece apostilas e reúne cerca de 50 pessoas em auditórios que são transformados em salas de aulas.

As professoras mais conhecidas são a ex-aluna do Velho Mestre Stella Alves, que afirma ter aprendido tudo do pompoarismo via correspondência, e a ginecologista Glene Rodrigues Faria (ambulatório de sexualidade do Hospital Pérola Byngton/SP).

Na década de 1950, uma ginástica parecida foi desenvolvida pelo ginecologista “Arnold Kegel” e em 1952, Kegel desenvolveu exercícios específicos para mulheres que tinham problemas de incontinência urinária. Através de suas pesquisas, ele descobriu que o músculo pubococcígeo não estava em “forma” e por isso não funcionava direito.

Ao exercitar o músculo, o problema médico estava resolvido e o potencial para sensações genitais e também orgasmo aumentava. Isso se dá pelo fato de que, em parte, o fluxo sanguíneo aumenta quando os músculos são exercitados e o aumento do fluxo de sangue está bem relacionado com a facilidade para excitação e orgasmo.

Então, quando o músculo aumenta sua força, consequentemente aumenta o suprimento de sangue e o efeito colateral é o aumento de fluxo de sangue na pelve, o que implica em níveis mais elevados de excitação e com orgasmos mais intensos.

Faltou algo? Que mais eu poderia ter acrescentado?

Comente abaixo e sugira.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

    Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
    entre em contato com o suporte.