Scroll Top

Terapeuta Ensina Potencializar Seu Relacionamento – É Grátis!

Polução Noturna Feminina – como acontece

A maior comunidade para Sugar Daddy e Sugar Baby do Brasil

polução noturna

Polução Noturna Feminina – como acontece

 

A polução noturna é um fenômeno natural do corpo humano, em que a pessoa chega ao orgasmo durante o sono. Acontece predominantemente no período da adolescência e juventude – entre doze e vinte anos – porém isso não é regra. Confira então mais detalhes sobre esse efeito – particularmente prazeroso – que atinge algumas pessoas.

Sobre a idade em que a polução noturna acontece

O fenômeno é resultado do que chamamos de energias sexuais reprimidas. Durante a puberdade, e, para algumas pessoas, durante a juventude, o corpo humano naturalmente passa por mudanças hormonais contínuas e passa a acumular um desejo insaciável pelo sexo.

É natural e faz parte do amadurecimento sexual do indivíduo, mas de acordo com os padrões da nossa sociedade – que envolve mais do que classificações biológicas – um adolescente de doze ou treze anos ainda não tem um psicológico preparado para encarar as relações sexuais como uma pessoa de vinte anos ou mais.

Apesar de ser verdade que os adolescentes não têm responsabilidade nem opinião formada ainda – visto que o sexo envolve muito mais do que duas pessoas se relacionando -, o corpo ainda precisa liberar toda essa energia reprimida de alguma forma.

Por causa de alguns tabus que ainda assombram as pessoas de forma geral, as adolescentes são ensinadas desde cedo que não podem se tocar nem se masturbar, porque é pecado, ou então imoral. Já para os meninos a atividade é liberada; quanto mais vezes uma pessoa chega ao orgasmo, menores serão as chances da polução noturna acontecer com ela, seja homem ou mulher.

A ocorrência maior é nesse período de amadurecimento, porém qualquer pessoa que esteja com seus desejos sexuais reprimidos, ou que esteja passando por períodos de privação sexual está sujeita a passar por uma polução noturna. Inclusive pessoas mais velhas as quais têm parceiros sexuais fixos.

Sobre polução noturna nas mulheres

Mas e as mulheres, como funciona a polução noturna para elas? Não comentei sobre isso ainda, mas o efeito acontece quando a pessoa sonha com cenas eróticas de qualquer natureza. É uma forma do organismo liberar as energias presas, e as mulheres também estão sujeitas a sonhar e chegar ao ápice do prazer durante o sono.

Porém, para elas é um pouquinho diferente. As mulheres podem chegar ao orgasmo ou não, mas de qualquer forma, se ocorre alguma lubrificação vaginal durante o sono, já pode ser considerado como polução noturna.

Não há nenhum efeito colateral conhecido no que diz respeito ao fenômeno. No geral, o único possível ponto negativo da ocorrência é que a pessoa vai acordar “molhada”. Dessa forma, os lençóis, cobertores e roupas precisarão ser lavados no dia seguinte – sem falar de algum constrangimento com os pais, caso a menina seja adolescente.

Pais: como lidar com a polução noturna dos filhos adolescentes?

É interessante não julgar seus filhos, lembre-se que você também já teve essa idade e muito provavelmente já passou por isso. Esse tópico é mais para você que tem filhos e pode se deparar com essa situação algum dia – como se fosse um bônus no artigo.

A situação sozinha já será um constrangimento completo, portanto não faça comentários pejorativos, não faça piadas, não especule sobre “algum problema” que seu filho ou filha possa ter. O mais indicado a se fazer, na verdade, é confortá-lo e dizer que está tudo bem, que é natural, que você também já passou por isso e não há porque se envergonhar. Basta lavar os lençóis e pronto, assunto encerrado.

Existe alguma frequência na polução noturna?

Como a adolescência é um período de inconstâncias, essa parte engloba o perfil da fase. Não existe uma constante; quanto mais reprimido sexualmente, mais probabilidades de sofrer uma polução noturna a pessoa estará sujeita, por isso não acontece só na adolescência.

É necessário levar em consideração não só a idade da pessoa, mas o psicológico também. Um homem que esteja passando por estresse no trabalho, e que sua mulher esteja em um período final de gravidez, quando as relações sexuais são dificultadas, por exemplo, pode muito bem, durante uma noite de sono, passar pela polução.

Uma reflexão sobre a mente

A pessoas constantemente costumam subestimar os poderes do subconsciente. É uma parte do nosso cérebro que não governamos e não sabemos muito sobre, apenas que não conseguimos controlar.

É essa parte a responsável tanto pelo sono quanto pela polução noturna. Nós sabemos que os sonhos também são um setor o qual é o subconsciente que coordena, e por isso nada do que acontece durante a polução é voluntário. Imagine o poder que essa parte exerce; um homem chega a ejacular sem sequer tocar em seu pênis, é um processo involuntário, e sabemos que para chegar ao ápice é necessária muita energia e trabalho.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.